terça-feira, 3 de novembro de 2009

O INVENTOR DO CARTÃO-POSTAL

Volta e meia vem à tona uma antiga discussão que envolve uma invenção simples, prática, econômica e que ganhou todos os cantos do planeta de uma maneira surpreendente e que há mais de um século vem encantando colecionadores em todas as partes. É o cartão-postal, esta peça fantástica que apresenta num dos lados, uma paisagem de cidade ou os temas mais variados. Do outro lado, aquele tradicional espaço onde o usuário escreve uma mensagem curta, aplica o selo e o envia a quem desejar.
Num passado não tão distante, soube que o inventor do cartão-postal tinha sido o operário de uma fábrica alemã, que repentinamente, um dia decidiu mandar pelo correio uma fotografia dele reunido com alguns amigos tendo a fábrica ao fundo. Ele queria que os parentes em outra localidade conhecessem o lugar onde trabalhava. O pior é que eu não lembro o nome desse cidadão já que faz muito tempo e nomes alemães geralmente são difíceis para que a gente memorize tão facialmente.
Mas a grande verdade, pelo menos a que ninguém contesta, é que foi Heinrich von Stephan quem inventou o cartão-postal e, em 1865 fez circular pela primeira vez uma peça dessas utilizando os serviços de correios da Áustria. No início, seu invento não agradou muito porque as pessoas achavam que mandar uma mensagem naqueles moldes tirava a privacidade que um envelope oferecia. Mas não durou muito para que os cartões passassem a ganhar terreno e conquistar o mundo, oferecendo no início, vistas de algumas cidades ou pontos de atração turística. A partir de 1869, o cartão-postal passou a ser uma interessante peça para comunicação via correio e ao longo desses anos, sua história e evolução já ganharam as páginas de muitos livros e estudos aprofundados. Estes cartões, que no começam mediam 12 X 16 centímetros acabaram ganhando outras medidas que foram se padronizando e, ao mesmo tempo, deram vazão à criatividade das pessoas, fazendo nascer a importante figura do cartofilista. Depois de muitos anos, viria surgir os máximos-postais, mas esta é outra história.
Em 1997 os correios da Alemanha emitiram um selo para homenagear Heinrich von Stephan, o inventor do cartão-postal que nasceu em 7 de janeiro de 1831 no Reino da Prússia e foi um dos responsáveis pela unificação interna dos correios alemães e um dos maiores entusiastas para a criação da União Postal Universal.

Nenhum comentário: