quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

SOMOS DOIS


A jornada dos segundos e suas terceiras intenções.
Foi preciso pressa para alcançar a velocidade do tempo.
Os ponteiros, certamente, logo se encontrariam.
Em contrapartida, me contrariam agora!
Que dizer dessa união momentânea que demarca metades?
Meio-Dia por lá, onde os olhos são rasgadinhos.
Meia-Noite por aqui, onde os olhos se fecham para sonhar.
Ah! Doce melancolia dessas horas que tentam se casar.
Olho então para o céu e deparo com a Lua.
Logo, entra em cena o raiar do Sol.
Sol e Lua
Preto e Branco
Alto e Baixo
Grito e Silêncio
Eu e Você...
Somos todos homogêneos por conta de nossa passagem.
Por conta de encontros que jamais acontecem.
Somos heterogêneos!...
Apesar das idéias parecidas...
Apesar das vontades idênticas...
Apesar das diferenças acentuadas.
Somos água e vinho...
Água de um banho a dois nus numa cachoeira.
Vinho de um encontro a dois em duas taças de paixão.
Somos todos casais de uma estranha passagem.
Porque os ponteiros agora celebram uma rápida união.
E daqui a pouco, lá se vão desorientados a controlar nossos ímpetos.
Caso-me contigo se por acaso for simples acaso.
Descaso de ti se por ventura a paixão me destituir do trono.
Reina-se na vida absolutamente só.
Porque as uniões são apenas conjunções de vidas que transformam atalhos em longos caminhos.
Somos flor e beija-flor!
Somos um instante de graça e beleza.
Somos qualquer coisa a dois em meio à natureza!
*Pedro Brasil Júnior
-São José dos Pinhais – 18/02/2008 – 23h44min -
*Publicado originalmente em www.anjosdeprata.com.br

4 comentários:

CELINHA disse...

Simplesmente Maravilhindo!!!Que bom fiquei feliz por tudo, principalmente por ver um sonho antigo sendo realizado, estou muito feliz por você, por mim, por tudo de bom que a vida vem nos dando essas lindas oportunidades! Pedro querido amigo de muitos e outros tempos, PARABÉNS!!!
Celinha-São Paulo-SP

CELINHA disse...

Pedro, sou sua fã e isso não é novidade, vi o Blog todo e adorei, não adianta fingir que está surdo e não responder meus e-mails, pois eu te escuto, eu te acho. Afinal "Pedretis" é para estas coisas ou seja, correr atrás do idolo rsrsrs.
Não fique convencido, Um anjo sussurou em meus ouvidos aliás, um só porque do outro estou surda e então usei meus poderes de fã e ...zipt, zapt, zum! Te achei!
e vim te visitar; e trouxe pra você meu sorriso, meu carinho minha saudades e minha amizade.
Parabéns!!!!Estou hiper feliz!!!!
Celinha Cesar-São Paulo-SP

CELINHA disse...

Pedro Brasil Júnior, boa noite!!!
Participei de um seminário sobre Música na educação infantil semana passada, e segui seus ensinamentos de Mestre-poeta( me soltei e deixei os pensamentos me levarem e as palavras fluirem)...olha só no que deu: COTIDIAFONOS:" Toda a natureza carrega em si um tipo de som que ouvimos e produzimos em nosso cotidiano e muitas vezes não percebemos a musicalidade presente em nós, ao nosso redor, e principalmente a sonoridade e musicalidade que é emanada da vida no nosso cotiano. Prestando atenção; a nossa vida é embalada por um universo de sons, a vida é música. A vida pulsa na natureza; e nós fazemos parte da vida(Célia Cesar)
Um grande beijo no seu coração, mais uma vez parabéns por mais um sonho realizado!!!Namastê (Ah!, escolhi esse cantinho "Somos Dois" que é pra falar um pouco da música da poesia que é a nossa vida.Celinha Cesar-São Paulo-SP

Jade disse...

ainda que não tenhas escrito esta prosa, intercalada de poesia, pensando em mim.. ainda assim.. me vi desenhada nos inttervalos das palavras e no respirar dos verbos.. não mais que feitos..mas.. rarefeitos no espanto e no vôo numinoso que tuas asas de poeta te levam a singrar o espaço e chegar fluido em mim.. wanda burlamaqui monteiro